Casa de Educação e Cultura Emílio Gato

A Casa de Educação e Cultura Emílio Gato foi criada em 2001 com o objetivo de criar o elo entre a comunidade e sua história.

Diversas atividades relacionadas à Cultura popular, folclore, artes em geral e literatura foram desenvolvidas para o resgate da memória da região.

Emílio Gato nasceu em 1905 e faleceu em 1992. Foi uma das figuras mais expressivas da cultura popular do Sana. O artesão fabricava vários utensílios para o trabalho no campo como tais como, peneiras, cestos, balaios, caçambas, gamelas e cajados em diversos materiais. 

Ele era também rezador e benzia pessoas e fazia preces para proteger as roças atacadas por pragas e tinha amplo conhecimento sobre as ervas medicinais, fazia “garrafadas” e prescrevia remédios.

A Casa possuía diversos espaços tais como:

  • Sala de som e vídeo “Maria de Oliveira Cêh” para curso de informática com cinco computadores completos;

  • Sala de acervo documental “Argeu Victor Hugo do Brasil”;

  • Biblioteca Pública “Osmar Sardemberg”, com um acervo de três mil títulos, entre livros, fotos, documentos e periódicos;

  • Varanda de Exposições “Naurivald da Costa Dames”;

  • Espaço de Oficinas José de Jesus Júnior.

A Casa ficava na rua José de Jesus Jr, s/n - Sana porém, não existe mais. Pena que projetos dessa natureza deixem de ser patrocinados.