Que tal viajar sem pagar hospedagem e ainda fazer novas amizades?

CouchSurfing é uma organização sem fins lucrativos que funciona como uma rede social para turistas, que querem se hospedar de forma gratuita durante uma viagem e para pessoas dispostas a receber turistas sem cobrar nada.

O objetivo é aproximar pessoas de diferentes culturas e viajar de uma forma mais barata ao redor do mundo. 

A rede social foi criada em 2003 e já conta com cerca de 4 milhões de usuários em mais 180 países e o CouchSurfing, “surfando no sofá”, compreende a hospedagem num quarto de hóspedes ou literalmente no sofá. Seu slogan é "Participação na criação de um mundo melhor, um sofá de cada vez". A missão do CouchSurfing é fazer trocas educacionais, fomentar a consciência coletiva, espalhar a tolerância e o entendimento cultural.

Como funciona?

O usuário se cadastra no site e preenche com informações sobre seus interesses em geral. Para que se tenha uma estada agradável, recomenda-se descrever seu perfil de forma minuciosa, para que seja mais fácil encontrar um anfitrião que tenha os mesmos gostos, interesses e filosofia de vida.

O site possui diversas funcionalidades, tais como perfis pessoais ou coletivos, sistema opcional de verificação de identidade por cartão de crédito, sistema de certificação pessoal e sistema de referências pessoais . Tudo para aumentar a segurança e a confiança entre membros; além de grupos de discussão, reuniões, encontros, salas de conversa e outros.

A inscrição é gratuita e o membro tanto pode oferecer alojamento a quem achar interessante, quanto solicitar estada a quem morar no país da viagem de destino. O alojamento é consensual e gratuito entre o anfitrião e convidado e todas as regras e termos para a estadia são acordados previamente, para satisfazer ambas as partes.

Vantagens e desvantagens
Para a maioria das pessoas, hospedar uma pessoa estranha traz muita insegurança e desconforto, mas grande parte dos participantes, garantem que a oportunidade é excelente para praticar outro idioma, trocar ideias e conhecer outras culturas. Na maioria das vezes, o anfitrião passa a sair com o hóspede e acabam se tornando amigos. Para os viajantes as vantagens são maiores: economia de dinheiro com a estada e conhecer a cidade pelas dicas de seu anfitrião.

Regras:
A estadia deve ser gratuita, com exceção quando o convidado pode compensar o seu anfitrião com o pagamento da alimentação. Anfitriões ou "surfers" (convidados) são obrigados a dar referências pessoais um do outro, após terem usado o serviço, para futuras referências em outras viagens.

Encontros
Desde 2006, os voluntários do projeto organizam encontros que acontecem numa determinada cidade, para desenvolver e melhorar o CouchSurfing. Muitos anfitriões costumam frequentar esses encontros para praticar outros idiomas e fazer novos amigos. Os voluntários se encarregam de promover ativamente o espírito de CouchSurfing entre os membros e o público em geral. Eles atuam como embaixadores e dão as boas vindas aos novos membros, ajudam com questões de dúvidas, tarefas administrativas e muito mais.

Site da rede social:

https://www.couchsurfing.org