Clube de Nadismo para fazer nada e relaxar

Não é nenhuma novidade que a correria do dia a dia é a principal causa do stress no mundo.

Além disso, a Internet e as redes sociais fazem com que as pessoas fiquem cada vez mais conectadas e ao mesmo tempo frustradas por não conseguirem absorver o excesso de informação.

Ficar sem fazer nada se tornou uma perda de tempo e as pessoas se sentem inúteis, o que gera ansiedade, culpa, deixando-as mais estressadas e doentes. O Clube do Nadismo foi criado em 2006 pelo designer de Porto Alegre, Marcelo Bohrer, depois de ter um colapso em Londres causado pelo estresse.

A proposta do movimento é conscientizar as pessoas de que é preciso desacelerar, tirar um tempo para fazer nada. É importante entender que fazer pausas é uma atitude saudável e que todos têm o direito de ficar sem fazer absolutamente nada de vez em quando para ter mais equilíbrio e qualidade de vida. A ideia é provocar uma mudança de atitude e o sucesso do clube foi tão grande que Marcelo escreveu o livro "Nadismo - Uma Revolução Sem Fazer Nada".

Atualmente o clube já conta com mais de sete mil sócios espalhados por todo Brasil em outros oito países e já foram realizados mais de 20 encontros. Os eventos do Clube são públicos, acontecem pelo menos uma vez por mês, sempre em parque belos e tranqüilos, onde cada sócio possa esvaziar a mente e aprender a relaxar.

O Cubo Vazio é o símbolo que sinaliza o local dos eventos e representa o precioso espaço vazio que é cada vez mais difícil de encontrar na nossa vida acelerada, onde é possível sentar no seu interior e se isolar do mundo exterior.

Conheça mais: www.clubedenadismo.com.br 

 

Experimente fazer nada!

www.nadismo.com.br/