Meditar ajuda a combater a ansiedade durante o isolamento

A situação mundial com a pandemia do corona vírus e num cenário de incertezas fomos tomados pelo medo e nossas mentes foram inundadas por pensamentos e emoções que se transformam em hormônios que causam ansiedade.

Pessoas agitadas que tem uma vida profissional ativa foram obrigadas a ficar em casa de quarentena por  24 horas por dia todos os dias da semana. Os aplicativos  Simple Habit e BrainWave podem ajudar você a meditar diariamente e os resultados são impressionantes. A ansiedade pode ser reduzida drasticamente e aumentar sua criatividade.

Meditar 5 minutos por dia já dá para sentir a diferença.

1 – A meditação aumenta a massa cinzenta de regiões cerebrais ligadas a calma e cognição.

Universidade de Harvard comprovou em 2011 que após 8 semanas de meditação, houve aumento da massa cinzenta em regiões ligadas a calma e cognição.

2 – A meditação previne depressão e reduz sintomas de doenças como esclerose múltipla.

O mesmo estudo conduzido por Harvard em conjunto com o MIT (Massachussets Institute of Technology) provou que praticantes de meditação com depressão e doenças como esclerose múltipla apresentaram melhoras significativas em seus quadros de sintomas e crises.

3 – Você pode praticar meditação em qualquer lugar e em qualquer momento.

A meditação é uma prática semelhante a um exercício físico, quanto mais for feita, mais benefícios traz para sua saúde.

Para meditar, você precisa de no mínimo 5 minutos para fechar os olhos e prestar atenção a sua inspiração e expiração. Essa prática vai trazer sua mente de volta ao momento presente e consequentemente tranquilidade.

4 – A meditação vai lhe ajudar a reagir de maneira mais consciente e calma para resolver problemas e tomar decisões.

Um estudo da Universidade de Yale mostra que quem medita constantemente muda o modo padrão do cérebro quando está meditando e quando não está. Ou seja, a mudança de estrutura cerebral vai lhe ajudar quando se deparar com situações ruins e a aproveitar de maneira mais consciente os momentos bons do cotidiano.

5 – A meditação funciona como um mecanismo contra o envelhecimento.

Antes desses estudos, acreditava-se que somente perdíamos neurônios durante a vida. Sonia Brucki do departamento científico de neurologia cognitiva e do envelhecimento da Academia Brasileira de Neurologia diz que “Agora, sabemos que podem brotar em qualquer fase da vida, e determinadas atividades como a meditação fazem a estrutura do cérebro mudar.”

6 - Pessoas que meditam menos de 30 minutos por dia afirmam viver melhor após menos de 1 ano.

Meditação não é para monges nem seres iluminados. É uma prática simples e física essencial para qualquer um.