Plantar e colher a própria comida em tempos de quarentena

Todo mundo que está em isolamento já deve ter se questionado se teremos comida nos próximos meses ou mesmo àqueles que estão desempregados e sem perspectiva de conseguirem um emprego nos próximos meses, sobre como conseguirá se alimentar sem dinheiro caso essa pandemia dure por mais tempo. 

Plantar os próprios alimentos é tendência mundial de alimentação saudável e cada vez mais e mais pessoas estão transformando suas áreas de serviço, jardins, lajes e varandas em hortas caseiras e telhados verdes.

As pessoas descobriram que é possível criar mais do que um vasinho de manjericão na janela e, além disso, as hortas caseiras são uma ótima maneira de reciclar garrafas PET. As hortaliças, por exemplo, precisam de três a cinco horas diárias de sol direto. O sol da manhã é o ideal, mas, se no seu apartamento ele só bate à tarde, também vai dar certo. A beleza de cada horta depende do que você tem mais interesse em plantar. Ervas são as mais comuns, mas dá para plantar cenoura, batata, cebola e frutas também.

O que você precisa para criar sua pequena horta?

Planejamento

Organize o espaço onde vai ficar o canteiro. O ideal é que ele receba diariamente uma média de cinco horas de luz solar, de acordo com a necessidade da planta escolhida. Quanto menos vento, melhor.

Compostagem

Produzir em casa um superadubo com sobras de alimento através do processo chamado compostagem.

Plantio

Dá pra começar com um metro quadrado e vasos de barro com 30 cm de diâmetro. Usar vasos menores só para fazer mudas ou espécies pequenas, como cebolinha, salsinha e tomilho.

Preparação

Distribua uma camada de 30 centímetros de palha ou folhas secas e gravetos, para que formem uma cobertura e protejam a superfície contra o ressecamento. Vasos com 40% de terra (qualquer uma), 30 % de areia e 30% de composto orgânico.

Adubar

Prefira esterco, húmus, farinha de osso, casca de ovo, borra de café, cinzas.

Regar

Os melhores horários para regar e manejar as plantas são o início da manhã e o final da tarde e use o dedo para a checagem da umidade na planta.

Misturar

Quanto mais biodiversidade, melhor. Troque mudas com amigos, arranje sementes diferentes. Nos canteiros e vasos, coloque várias espécies misturadas.

Polinização

Plante flores para atrair os insetos do bem. Com o tempo surgirá abelhas que polinizam, joaninhas que comem pulgões, lagartas que serão borboletas, vespas carnívoras que ajudarão a controlar as populações de lagartas.

Já quem vive nas áreas rurais pode contar com a produção dos agricultores locais e podem inclusive comprar produtos orgânicos de origem confiável.