Anterior Próximo

Trekking e o prazer de relaxar junto à natureza

O trekking é atividade que pode ser praticada por qualquer pessoa em qualquer idade e em qualquer parte do ano desde que se goze de boa saúde e em segurança, como resultado, a mente transcende, o corpo relaxa.

Trekking no Sana:

Pedra do Peito de Pombo - Formação rochosa a cerca de 1300 m de altitude que, assemelha-se a silhueta de um pombo pousado sobre a rocha.

É um desafio para montanhistas que chegam de todas as regiões do pais para escalá-lo. Lá do alto pode-se avistar todo o litoral de Macaé, Rio das Ostras, Barra de São João, Búzios e Cabo Frio. São três horas e meia de caminhada a partir do Arraial do Sana e existem guias experientes para acompanhar os visitantes que chegam todos os dias.

O percurso é feito passando pelas cachoeiras do Vale do Peito de Pombo, cruzando por um rio de águas cristalinas. O trecho fica mais cansativo depois de 1h e meia de caminhada. A partir daí cruza-se um longo e inclinado pasto e em seguida o aventureiro adentra a Mata Atlântica. Após subir um trecho muito inclinado chega-se a um paredão, onde se tem uma bela visão do Peito de Pombo.

Trekking Leve

É um trekking básico, ou seja, somente caminhada pôr trilhas já demarcadas e pôr um trecho pequeno, poderá ser realizado com um bom par de tênis ou botas de trekking (se possível escolha uma bota de fabricante ligado à atividade de trekking). Um abrigo confortável para os momentos mais frios, ou bermudas e afins para os mais quentes. Um boné e uma mochila pequena (25lts) seriam mais que suficientes para iniciarmos. Um protetor solar e um repelente de insetos além de sua maquina fotográfica bem como sua disposição são bem-vindos. Na mochila você vai acondicionando todos os seus apetrechos para a caminhada. Acrescente a lista um cantil ou mesmo uma garrafa tipo PET com água. Alguns itens de 1º socorros também são úteis (gaze, merthiolate, água oxi-genada, algodão, band-aid, um anti-ácido e analgésicos).

Trekking Médio

Um pouco mais de preparo e alguns acessórios a mais são necessários. Leve na mochila meias, bermudas, abrigo p/chuva, medicamentos para ferimentos leves, mais água e alimentos leves. Procure sair em grupo e com o cuidado e atenção no caminho para poder voltar em segurança.

O percurso costuma ser arborizado, com ervas, frutas, maribondos, cobras e toda a sorte de coisas interessantes que a trilha lhe oferecerá. Tome cuidado. Não coma o que não conhece. Cobras são raras e se encontrar alguma deixe que ela siga o caminho dela.

Trekking Pesado

Nesta opção as trilhas são de muitas horas ou até dias de caminhada e as distâncias são muito maiores e a sua autonomia deverá ser total com relação a segurança, alimentação e subsistência.

Acrescente mais roupas, material de higiene, calçado extra, material para cozinha, lanternas, fogareiro, barraca, saco de dormir, uma bússola, canivete, boa faca de mato, muita água e disposição.

Neste caso os perigos ficam pôr conta de acidentes leves, desidratação e muito raramente animais. A recomendação é para sempre praticar o trekking em grupo, sempre considerar os eventos inesperados do tempo, cuidar do caminho que está fazendo, aceitar a boa hospitalidade das pessoas e sempre pedir autorização se pretender cruzar algum campo cercado.

Dicas

  • Consulte um médico para ver como anda sua saúde. Sua vida deve estar sempre em primeiro lugar;
  • Contrate guias locais ou guias de turismo especializados em ecoturismo, pois pode ser perigoso entrar na mata sem conhecimento;
  • Use tênis ou botas específicas que sejam leves e confortáveis;
  • Mantenha-se hidratado, leve alimentos leves como frutas, sanduíches e barrinhas de cereal;
  • Leve um saco plástico e recolha seu lixo;
  • Carregue pilhas novas e extras, leves e resistentes a água;
  • Respeite a natureza, só leve para a cidade boas recordações e não jogue lixo nas trilhas ou cachoeiras.