Embrapa ajuda agricultor a escolher árvores nativas da Mata Atlântica

É importante para o agricultor saber inserir árvores nativas em sua propriedade de acordo com sua condição de relevo e solo.

Sistema de suporte à inserção de árvores na agricultura da Mata Atlântica é o resultado de 12 anos de pesquisa em fragmentos florestais, em Cachoeiras de Macacu, no Rio de Janeiro.

O site alia o conhecimento científico dos pesquisadores ao tradicional dos agricultores locais. “Existe uma mística de que agricultores não gostam de árvores ou que não sabem conviver com espécies arbóreas, e isso não é verdade. Precisamos efetivamente acreditar no apego que eles têm às espécies arbóreas como também no conhecimento que eles possuem”, explica a idealizadora do site, Mariella Uzeda, pesquisadora da Embrapa Agrobiologia (RJ).

A pesquisa orienta quais espécies possui potencial madeireiro, alimentício, melífero para contribuir com o enriquecimento da biodiversidade e ainda contribuir com a preservação do solo.

“Esperamos atender à demanda de muitos agricultores familiares de plantar árvores para diferentes fins lucrativos e que possam dar às propriedades maior poder de resposta a eventuais pragas, também aumentando a quantidade de polinizadores. Isso é muito importante em processos de transição agroecológica, em sistemas produtivos mais sustentáveis e mais amigáveis à biodiversidade”, acrescenta a pesquisadora.

O site funciona como uma ferramenta de orientação no qual são solicitadas as informações necessárias para melhor indicar as condições de drenagem da área, tipo de relevo e solo. Dessa forma o agricultor recebe cinco listas de espécies de árvores madeireiras, alimentícias, melíferas, bioatrativas, cada uma com uma ficha repleta de informações que vão desde o seu nome popular a algumas características, como sua utilidade e distribuição geográfica.

Para saber como se orientar, entre aqui 

https://bit.ly/2zwHHOo