Anterior Próximo

Estilos Folk, Hippie Chic e Vintage nunca saem de moda

O movimento de contracultura Hippie nasceu nos Estados Unidos durante a década de 60, marcando uma época com uma linha de pensamento político que criticava a Guerra do Vietnã, apoiava a Revolução Sexual e o Amor Livre. 

Os Hippies se vestiam com roupas velhas e rasgadas em oposição ao consumismo e em cores fortes, fazendo apologia à psicodelia, com calças boca-de-sino, camisas tingidas e batas indianas.

Nos dias de hoje, sua influência social não corresponde mais àqueles ideais, mas os Hippies deixaram legados importantes como, sua filosofia de amor, respeito ao próximo e à natureza. Muitos se vestem no estilo hippie, mas suas roupas foram adaptadas ao novo século. O estilo vinculado a todos os elementos da natureza, com tecidos leves, naturais e até mesmo tecido ecológico.

Dicas de como se vestir:

  • O estilo caracteriza-se pelo visual colorido e acessórios que representem os elementos da natureza.
  • As calças de corte reto com boca larga são um bom exemplo.
  • Os vestidos ou saias largas de tecidos leves e compridos, estampados coloridos e que permitam liberdade de movimento.
  • Para os rapazes, camisas simples com uma banda de rock ou um símbolo da paz.
  • No verão as sandálias rasteirinhas para as moças ou salto plataforma.
  • No Inverno, botas ou com franjas de camurça ou veludo.
  • Óculos grandes, faixas para o cabelo, colares compridos, pulseiras grossas e bolsas grandes. 

O visual atual é inspirado no movimento hippie dos anos 60 e 70, mas o hippie chic segue a mesma estética porém, com elementos elegantes. A ordem é resgatar o antigo e abusar de looks florais, confortáveis e descontraídos.

O estilista Junya Watanabe apresentou sua coleção primavera-verão 2014, na Semana de Moda de Paris, estilos contraditórios: o hippie e o distópico. Com cabelos enlouquecidos em tranças e penas, os looks abusam das tiras manuais, franjas, macramês e nós. 

Celebridades e personalidades do mundo da moda já aderiram ao estilo, bastante comum entre todas as idades, mas cuidado para não exagerar e ficar parecendo que vai para alguma festa à fantasia!

Fontes:

http://beleza.umcomo.com.br/articulo/como-se-vestir-como-um-hippie-614.html#ixzz2jLCbJ49f 

http://msn.lilianpacce.com.br/moda/tendencias-primavera-verao-2014-internacional/