12 de Novembro - Dia Mundial do Hip Hop

O hip hop é uma cultura artística que surgiu nos anos 70 nas comunidades jamaicanas, latinas e afro-americanas

onde os jovens enfrentavam diversos problemas de ordem sociais nos guetos do South Bronx, na cidade de Nova Iorque.

Afrika Bambaataa, criador do movimento, estabeleceu quatro pilares essenciais na cultura hip hop: o rap, o DJing, a breakdance, o popping, o locking e a escrita do grafite, além de outros elementos como a moda e as gírias.

Diferentes manifestações culturais e artísticas de rua surgiam de forma original entre os jovens ligados ao movimento. Festas - Block parties - eram promovidas pelos DJs Afrika Bambaataa, Kool Herc e Grand Master Flash, GrandWizard Theodore, GrandMixer DST (hoje DXT), Holywood e Pete Jones, entre outros.

O Rap surgiu numa dessas festas, quando o DJ Kool Herc introduziu o Toast, uma maneira de cantar em frases e rimas improvisadas de conotação política ou sexual, tendo o reggae instrumental como pano de pano.

A Zulu Nation, uma organização criada em 12 de novembro de 1973 com o objetivo de organizar competições artísticas ou "batalhas não violentas" assim chamadas, para promover e manter a pacificação entre as gangues.

Entre as diferentes manifestações artísticas do movimento hip hop, a música sem dúvida exerce papel primordial em nossos dias pelos Djs e suas mixagens, os MC's, a influência do rap, da bateria eletrônica e de sintetizadores nos mais diversos estilos.

No Brasil

São Paulo é o berço do hip hop brasileiro. O movimento surgiu com força nos anos 80, nos tradicionais encontros na rua 24 de Maio e no Metrô São Bento. Dali saíram muitos artistas reconhecidos como Thaíde, DJ Hum, Styllo Selvagem, Região Abissal, Nill (Verbo Pesado), Sérgio Riky, Defh Paul, Mc Jack, Racionais MC's, Doctor MC's, Shary Laine, M.T. Bronks, Rappin Hood, entre outros.

Atualmente, existem diversos grupos que representam a cultura hip hop no país, como Movimento Enraizados, MHHOB, Zulu Nation Brasil, Casa do Hip Hop, Posse Hausa (São Bernardo do Campo), Hip Hop Mulher, FNMH2, Nação Hip Hop Brasil, Associação de Hip Hop de Bauru, Cedeca, Cufa (Central Única das Favelas).

 

Dub FX 

http://www.youtube.com/watch?v=bioYs6oAD8g&list=PLC82329FF4338E187 

Dub FX cujo nome verdadeiro é Benjamin Stanford é um artista de rua que viaja o mundo com suas performances. Nascido na cidade de Melbourne, Austrália, partiu para a carreira solo, após ter tocado e cantado em uma banda chamada Twitch. Sua criações são autênticas, com performances ao vivo, usando apenas o seu próprio desempenho com os pedais de efeito, combinados com sua voz. O artista tem um estilo hip hop bastante sofisticado e cria ritmos em rap, reggae e drum and bass.

 

Fanpage Dub Fx:

http://dufx.net/

 

Fonte:

http://www.primeiroconceito.com.br/site/?p=1190