Moradores reinvindicam a pavimentação da estrada do Sana

Danilo Funke, estiveram no distrito do Sana no dia 13 de setembro em audiência pública, para ouvir os anseios, as sugestões e opiniões dos moradores sobre as demandas da região.

A população apresentou demandas nas áreas de Esporte, Turismo, Saúde, Educação, Transporte, Infraestrutura e Cultura. A comunidade alegou também que se sente esquecida pela prefeitura de Macaé, pois na cidade não há agências bancárias ou mesmo um posto de saúde adequado.

Uma solicitação importante e bastante discutida entre as autoridades e moradores foi a necessidade de se mudar o conceito que muitos turistas têm sobre o local. Segundo a técnica de enfermagem Carine Lima, a má fama do Sana, como um local de bagunça e de uso indiscriminado de drogas, deve ser revertida o mais rápido possível, já que não condiz com o estilo de vida dos nativos. A comunidade também informou que, com as fortes chuvas, a estrada fica em más condições, dificultando o transporte em geral.

A questão do asfaltamento da via de acesso é uma questão bastante polêmica, pois os moradores possuem opiniões diferentes sobre o assunto. O ambientalista Márcio Nascimento acredita que a prioridade deve ser a recuperação das estradas, a reforma de meiosfios e a revitalização da área central do distrito; além disso, deve-se buscar material alternativo e ecológico para o pavimentação da estrada.

Segundo o Presidente da Associação de Moradores da Cabeceira do Sana, Nilson Moser, o asfaltamento da região é uma solicitação antiga e que cerca de 700 moradores serão beneficiados, pois vários estudam e trabalham nas cidades vizinhas.

Moradores oriundos de outras regiões e que trabalham com o turismo no Sana, acreditam que a pavimentação descaracterizará o local e que poderá trazer turistas baderneiros, com som do carro acima dos limites permitidos, o que incomoda a vizinhança ou que possa aumentar o tráfico e o consumo de drogas.

O Prefeito disse que é preciso ordenar a pauta e definir as prioridades da região de acordo com as necessidades dos moradores e anunciou a realização de intervenções emergenciais no distrito e sugeriu que os moradores formassem uma comissão para analisar as demandas e fiscalizar as ações do poder público, bem como definir como o governo poderá intervir na localidade dentro do orçamento do próximo ano.

Não há como garantir se a pavimentação trará benefícios ao local, se promoverá a ascensão social da população ou aumentar a marginalização; mas sabe-se que o projeto que viabiliza a pavimentação total da estrada que liga Casimiro de Abreu ao Sana foi aprovado recentemente. Entretanto, como se trata de uma Área de Preservação Ambiental - APA, a pavimentação deverá garantir que os princípios descritos nas políticas ambientais de unidades de conservação, com o planejamento organizado e consciente do ecoturismo, para que a região possa se desenvolver de forma sustentável.

 

Fonte:

http://www.macae.rj.gov.br/noticias/leitura/noticia/prefeito-anuncia-intervencoes-emergenciais-para-o-sana