Zona Portuária do Rio atrai turistas com mural de grafite gigante

O painel não só se destaca pela beleza, mas também por se destacar entre as construções antigas, em meio às obras de revitalização da Zona Portuária do Rio de Janeiro. O novo polo de artes do mundo, agora tem uma Wall de Street Art à altura dos gigantes painéis das grandes metrópoles, como Berlim, Nova York, Londres e São Paulo.

O mural de grafite é obra do artista plástico Tomaz Viana, mais conhecido como Toz, que contou com a ajuda de mais 8 artistas, o pessoal do FleshBackCrew, pioneiros na arte do grafite carioca. A obra de arte tem 2.100 metros quadrados, 30 metros de altura e 70 metros de largura e foi realizada a convite da holding B2W, na qual fazem parte as empresas Americanas.com, Shoptime e Submarino.

A pintura foi dividida em diferentes espaços, onde cada um dos grafiteiros deixou registrado seu traço e desenho, que remetem à alegria, à paz de espírito. No painel encontramos figuras já conhecidas pelos cariocas, como a melancólica Nina, bonequinha com traços orientais que às vezes ganha cauda de sereia, traduz o mistério que as mulheres representam para o sexo oposto. O BB Idoso traduz de forma uma geração com complexo de Peter Pan, que demorou a sair da barra da saia da mãe. Shimu, o mostro-ameba virou marca registrada da alegria e da esperança na família de personagens de Toz, que se completa com o amigo-urso Julius e o esquentado Romeu.

Todos esses desenhos fazem parte do imaginário de Toz, personagens criados a partir da animação e dos mangás japoneses que preenchem os muros da cidade, circulam em telas e ganham vida em roupas e até objetos.

O artista

Tomaz Viana, grafiteiro, artista plástico e formado em design gráfico, nasceu na Bahia em 1976 e para o Rio ainda adolescente. Em 1999, juntou-se aos artistas gráficos Bruno Bogossian (BR), Rogério Fonseca (Krrank), Márcio Ribeiro (Piá), Marcio SWK e Leonardo Uzai (Nhôzi) para criar o Fleshbeckcrew, um dos mais conhecidos coletivos de arte urbana do Rio e do Brasil.

O artista lançou recentemente seu primeiro livro, Toz: Traço e Trajetória,que conta a história do grafiteiro, com imagens de suas obras e textos explicativos. A publicação, assinada pelo designer Marcelus Viana, tem texto de Toz e do marchand Ricardo Kimaid e os emblemáticos personagens do grafiteiro, através de uma seleção cronológica com a evolução dos trabalhos nos últimos cinco anos.

Segundo Carlos Padilha, seu amigo e diretor de Relações Institucionais das Lojas Americanas e da B2W, a obra contribui para o desenvolvimento da cultura e da arte neste momento de revitalização da região.Toz desenvolveu seu maior mural de grafite da cidade do Rio de Janeiro e é um dos mais promissores talentos da arte contemporânea carioca.

Exposições Individuais:
2010 – Toz em Família - Galeria Movimento / RJ
2008 – Toz, Entre Nós – Galeria Movimento / RJ
2007 – Nina e Shimu no País das Maravilhas – Galeria Carminha Macedo / MG

Exposições Coletivas:
2009 – Conversando Calado - Galeria Movimento / RJ
2008 – Laços do Olhar – Instituto Tomie Ohtake / SP
2007 – Fabulosas Desordens – Caixa Cultural / RJ
2006 – Fleshbeck na Choque – Galeria Choque Cultural / SP
2006 – O que é normal? – Espaço Cultural Ecco / DF
2006 – Mostra Santos de Arte sem Barreiras – Centro Cultural Patrícia Galvão / SP
2005 – Projéteis de Arte Contemporânea – Palácio Gustavo Capanema / RJ

Fontes:

http://www.cultura.rj.gov.br/entrevistas/rio-ganha-mural-de-grafite-gigante-na-zona-portuaria