Sana é finalista em concurso gastronômico do Estado

O Rio de Janeiro mundialmente conhecido pela exuberância natural, história, cultura e hospitalidade, pretende revelar e surpreender pela riqueza e variedade gastronômica, espalhadas em seus 92 municípios. A variedade dos pratos elaborados em cada município vão desde a cultura indígena, passando pela cultura portuguesa, sob influência das cozinhas francesa, italiana e africana e produtos típicos de cada região.

Na primeira fase foram inscritos mais de cem participantes de diversas regiões e a seleção foi feita pela comissão julgadora formada pelos jornalistas Chico Júnior, Lao Martins, Juliana Dias, Mariana Moraes e Carolina Amorim. Os candidatos foram escolhidos e divididos em sete categorias: da Água, da Terra, Entradas & Petiscos, Refeição, Bebidas, Doces & Sobremesas e Laticínios. 

Os critérios de avaliação foram baseados na representatividade de cada prato ou produto em relação à cultura e desenvolvimento econômico-social e sua tradição histórico culinária para o Estado do Rio de Janeiro.

 

Nhoque de aipim 

Paulo Rogério ou Gui, como é conhecido pela população, gaúcho e proprietário do restaurante Alquimia, é um dos finalistas da categoria refeição com o prato “nhoque de aipim”. O aipim orgânico de cor amarelada é cultivado em seu sítio e é a matéria-prima para a massa que é servida com molho de tomate caseiro.

A votação popular pela Internet estará aberta até o dia 31 de outubro, não deixem de votar!

Confira a lista dos Finalistas: http://www.projetomaravilhas.com.br/